66% dos namorados têm interesse em saber o score do(a) parceiro(a) | ACIRP


06/06/2018

66% dos namorados têm interesse em saber o score do(a) parceiro(a)

De modo geral, quando se começa um namoro, surgem planos para o futuro que muitas vezes dependem de crédito para virarem realidade. 66% dos consumidores que namoram acham importante conhecer o score do(a) parceiro(a) para planejar compras, empréstimos ou financiamentos. Esta percepção é maior entre os “namorados” já casados (68%), contra os namorados solteiros (62%), que não moram juntos. Esses dados são da Pesquisa Hábitos de Consumo do Dia dos Namorados, elaborada pela Boa Vista SCPC no mês passado, com mais de mil entrevistados em todo o Brasil. 

A pesquisa também constatou que 73% dos namorados que estão casados ou em união estável demonstram interesse em conhecer o score do(a) parceiro(a). Para 81% deles, conhecer o score do(a) outro(a) pode ajudar no planejamento financeiro do casal. Entre os namorados solteiros, 63% gostariam de conhecer a pontuação de crédito do(a) namorado(a). O levantamento também apontou que mais de 90% dos namorados entrevistados, casados ou não, acreditam que falar abertamente sobre a situação financeira de ambos ajuda a manter um relacionamento saudável. 

Ainda de acordo com a pesquisa, 68% dos consumidores (namorados) poupam para alcançar objetivos em comum. Esse percentual aumenta para 71% entre os “namorados” casados – demonstrando mais preocupação com o tema. Já entre os namorados solteiros, 66% falaram que poupam para alcançar os objetivos como festa de casamento, viagem de lua-de-mel, compra de um imóvel ou de um veículo, e outros sonhos de casal.

As opiniões quanto ao score ter ou não relação com a compatibilidade entre os casais, estão divididas, segundo a pesquisa. No geral, 51% dizem que o score não é um indicador de compatibilidade e outros 49% dizem que sim. Entre os namorados “solteiros” (aqueles que ainda não moram juntos), 57% dizem não se importar, e que o score não deve ser considerado como um indicador de compatibilidade. Entre os “casados”, 54% consideram sim o score um indicador de compatibilidade.

Score Consumidor Boa Vista

Para quem deseja saber qual é a sua pontuação de crédito e indicar o mesmo ao parceiro(a), a Boa Vista SCPC oferece o Score Consumidor. Um sistema de pontuação que calcula os riscos do consumidor para bancos, financeiras, varejistas, e outras instituições que concedem crédito. Ele avalia as informações do comportamento do consumidor quanto aos compromissos financeiros, tanto as que constam nos registros públicos quanto as no SCPC.

A consulta é gratuita e pode ser feita 24 horas por dia, sete dias da semana, de qualquer tipo de dispositivo eletrônico (computador, smartphone ou tablet) com acesso à internet. Para obtê-lo, basta acessar o portal Consumidor Positivo no endereço www.consumidorpositivo.com.br/consulta-cpf-gratis e se cadastrar.

O Score Consumidor Boa Vista é calculado a partir de três categorias de informações: 1) comportamento de pagamentos atual e no passado de cinco anos; 2) busca por crédito no mercado; 3) informações cadastrais. A pontuação varia de zero a mil e quanto mais próxima de mil, melhor, pois é um demonstrativo que o risco de inadimplência é menor.

Metodologia

A Pesquisa Hábitos de Consumo no Dia dos Namorados, da Boa Vista SCPC, foi realizada de forma quantitativa, por meio de abordagem via Internet, no período de 18 a 28 de maio de 2018. O universo é representado por consumidores de modo geral, incluindo aqueles que buscaram informações e orientações no portal Consumidor Positivo da Boa Vista SCPC: www.consumidorpositivo.com.br. A amostra é aleatória, não probabilística, alcançando um total de 1.100 respondentes, sendo que 53% dos respondentes são mulheres e 72% dos consumidores concentram-se na faixa etária entre 21 a 40 anos. Dos entrevistados, 66% são namorados casados ou que moram juntos, e 34% são namorados solteiros. 76% dos namorados já ouviram falar em score. Entre os namorados casados ou em união estável, o conhecimento é igual ao da amostra total investigada (76%), contra àqueles que namoram e são solteiros (74%). Para leitura dos resultados é preciso considerar as diferenças estatísticas entre as amostras coletadas, com 3% de margem de erro e confiabilidade de 95%.
 

FONTE: Boa Vista SCPC