EXCLUSIVO | Confira a entrevista com o novo Secretário de Desenvolvimento de Rio Preto, Liszt Abdala | ACIRP


02/01/2017

EXCLUSIVO | Confira a entrevista com o novo Secretário de Desenvolvimento de Rio Preto, Liszt Abdala

EXCLUSIVO | Confira a entrevista com o novo Secretário de Desenvolvimento de Rio Preto, Liszt Abdala

No último dia 15 de dezembro de 2016 foram nomeados mais alguns secretários que irão compor o time do governo do prefeito eleito, Edinho Araújo. Dentre os nomes, está o do vice-presidente da Acirp, Liszt Abdala Martingo.

A indicação foi uma articulação política da entidade. Peça chave no Plano de Governo do novo prefeito, a secretaria tem a prioridade de trazer mais emprego e renda para a cidade, fortalecer o nome de São José do Rio Preto como Terra de Oportunidades e trabalhar pelo desenvolvimento do município, desafios que são compartilhados pela associação.

A grande maioria das metas da secretaria vai ao encontro das reivindicações da Acirp enviadas ao Poder Público, tanto que, em seu discurso durante solenidade de nomeação, o novo secretário fez menção a todas as bandeiras da entidade como prioridades para o desenvolvimento econômico da cidade.

“A entidade apresentou o nome de Liszt Abdala, nosso 1º Vice-Presidente como uma força articuladora para trazer investimentos, emprego e renda para a cidade. A expertise da Associação Comercial foi oferecida ao Poder Público Municipal, de modo que possamos trabalhar em conjunto com diálogos fluídos em benefício da sociedade e do cidadão rio-pretense. Estou muito feliz, satisfeito e honrado com o prestígio que o prefeito Edinho Araújo conferiu à gestão da Acirp. A nossa associação tem o DNA do desenvolvimento econômico! Queremos que os empresários produzam riquezas aqui e façam de Rio Preto a Terra de Oportunidades”, comenta o presidente da Acirp, Paulo Sader.

A Revista Acirp em Ação entrevistou, com exclusividade, o novo Secretário de Desenvolvimento Econômico e Negócios de Turismo, Liszt Abdala Martingo. Confira:

 

QUAL A FUNÇÃO DA SEMDEC E QUAIS SÃO AS SUAS RESPONSABILIDADES?

A Semdec de um município tem função de, no âmbito local, planejar e trabalhar em todas as frentes e todas as áreas que possam contribuir para fomentar, desenvolver, dinamizar e fortalecer o setor produtivo da cidade, melhorando o ambiente de negócios para as empresas crescerem e aumentarem seus faturamentos de forma sustentável e, assim, gerar mais empregos e aumentar a renda média do trabalhador. Esse tripé de desenvolvimento, crescimento sustentável, emprego e renda, são as responsabilidades da Secretaria.

Além disso, a Semdec deverá ser exemplo de austeridade com o dinheiro público, de transparência dos atos praticados no seu âmbito e de tolerância zero com os desvios éticos de conduta. Estes serão os valores que nortearão o nosso trabalho à frente da Secretaria.

 

QUAIS SERÃO AS PRIMEIRAS AÇÕES QUE O SENHOR PRETENDE REALIZAR À FRENTE DA SEMDEC?

Rio Preto está muito aquém do que deveria estar no que diz respeito ao apoio aos empreendedores. O Poder Público está desconectado do privado e uma de nossas prioridades será conectá-los. Nossas primeiras tarefas serão no sentido de aproximar os setores produtivos com o Poder Público. Chamaremos e iremos ao encontro das entidades civis organizadas para discutirmos sobre os gargalos e entraves do desenvolvimento econômico local de cada área e planejaremos as soluções em conjunto. A Semdec será o elo entre esses setores e toda a administração pública para destravarmos e agilizarmos os processos internos que envolvem toda a iniciativa empreendedora de nossa cidade.

 

 QUAIS SERÃO OS PRINCIPAIS PROJETOS QUE O SENHOR PRETENDE REALIZAR E COMO A ACIRP PODERÁ COLABORAR? 

Em primeiro lugar, venho da Acirp e estou representando a entidade. Nosso trabalho à frente da Semdec será em parceria total. Lutaremos juntos pelos mesmos objetivos. Nosso presidente Paulo Sader foi muito competente ao entregar ao Prefeito Edinho Araújo um documento com todas as bandeiras defendidas pela entidade e quase todas elas foram incorporadas ao Plano de Governo. Este é o começo da conexão fundamental a qual me refiro, entre o poder público e o setor privado. Além disso, a Acirp e sua diretoria terão papel de destaque na aproximação com várias outras entidades e setor produtivo da nossa cidade. Temos vários projetos para desenvolver, em resumo podemos citar:

- A consolidação do Parque Tecnológico, acelerando o processo de conclusão, abreviando todas as fases para sua finalização.

- Criar uma política Industrial com foco em alto valor agregado.

- Iniciar o processo para a criação de um Distrito Industrial na Região Norte.

- Incentivar e fortalecer a Incubadora de Empresas.

- Trabalhar para a criação do Centro de Convenções Eventos e Negócios (CCEN) e de outros mecanismos para fomentar o turismo local.

- Revitalizar a área central da cidade, colocando em prática os 04 módulos do projeto que a Acirp doou (na gestão do Maurício Bellodi) para o município de Rio Preto, implantando-o na sua integralidade, com todos os detalhes, modernizando o nosso maior e mais tradicional centro de compras.

- Intensificar o potencial exportador de nossas empresas, lançando em Rio Preto o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE).

Também daremos atenção especial para ações que visem estimular o primeiro emprego; a eficiência da gestão, promovendo a desburocratização; o fomento ao crédito às micro empresas, além de promover importantes discussões, com todos os agentes interessados, sobre guerra fiscal entre os municípios, a flexibilização do horário do comércio e a elaboração de um novo projeto da nossa região metropolitana.

 

UMA DAS BANDEIRAS DA ACIRP É A CRIAÇÃO DE UM CENTRO DE EVENTOS E NEGÓCIOS PARA A CIDADE. COMO O SENHOR TRATARÁ ESSE ASSUNTO?

Sim, o Centro de Convenções Eventos e Negócios (CCEN) é uma bandeira da Acirp e do Prefeito Edinho. Daremos ao assunto, a prioridade que ele merece. Primeiro traremos todos os agentes de turismo para um diálogo aberto e aprofundaremos a discussão sobre o tema. Em conjunto, Semdec, Acirp e os Agentes de Turismo, faremos um planejamento das ações práticas e alternativas para a concretização desse objetivo. Estudo de viabilidade, avaliação para criação de PPP, elaboração de materiais sobre o potencial da cidade para captar investidores serão algumas das iniciativas, porém, a mais importante ação será a intensidade e o foco do trabalho para podermos sair da esfera das discussões e chegar ao resultado.

 

PARA OS MICROEMPREENDEDORES DOS CHAMADOS BOLSÕES DO COMÉRCIO AMBULANTE DE RIO PRETO, QUAL SERÁ O SEU OLHAR?

Aos empreendedores ambulantes, não só dos bolsões de comerciantes estabelecidos na cidade, teremos ações concretas de orientação, qualificação e de formalização. Também em parceria com a Acirp e o Sebrae, intensificaremos programas como o Super MEI durante o ano, além de incrementar os mutirões do emprego para que atinjam cada vez mais pessoas. Também trabalharemos na colocação do jovem no mercado de trabalho, em parceria com os Sindicatos e com as Secretarias de Trabalho e Emprego e também da Assistência Social, por meio de programas Estaduais e Federais.

 

ESTÁ EM SEUS PLANOS ESTIMULAR O CRÉDITO PARA QUEM NECESSITA DE EMPRÉSTIMO? O QUE PODERÁ SER FEITO NESSA DIREÇÃO?

Sim, estimular o crédito é fundamental. Buscaremos programas de fomento ao crédito com juros subsidiados disponíveis em todas as instituições financeiras e agências de Desenvolvimento do Estado e da União. Especificamente, por meio do “Banco do Povo”, intensificaremos a sua atuação e ampliaremos os seus resultados. Faremos a inserção do “Banco do Povo” em varias ações e divulgaremos em todas as oportunidades a sua atuação, para ampliarmos a oferta de crédito e irrigar ao máximo a economia local.